1 Ano após a instalação de uma usina solar fotovoltaica em Sorveteria de Assis Chateaubriand-PR

Nos últimos anos, mundialmente, foi investido muito tempo e muito dinheiro na busca de inovar, e melhorar toda e qualquer forma de obtenção de uma energia renovável e limpa. Desta forma, a energia solar fotovoltaica vem se destacando em nosso mercado, pois a cada dia que passa, mais energia é requisitada nas residências, comércios e industrias. Mesmo o valor do kW gerado tendo diminuído drasticamente nos últimos quarenta anos, o consumo caminhou ao contrário ao custo (DANTAS; POMERMAYER, 2018).

Atualmente os sistemas de geração fotovoltaicos tem se popularizado muito, pois o mesmo proporciona ao indivíduo adquirir seu próprio fornecimento de energia, tanto para sistemas de classe residenciais, quanto para comerciais e industriais. Em sistemas residenciais proporciona um conforto e bem estar econômico e emocional ao que adquiri o sistema. Já para sistemas comerciais e industriais, proporcionando aos profissionais colaboradores um ambiente favorável para os desenvolvimentos de seus produtos, com a certificação de que seu consumo energético é de forma limpa e sustentável.

Levando para esse lado, muitos profissionais procuram por um sistema solar para solucionar o problema do alto consumo. Um desses profissionais, proprietário da RC Sorvetes de Assis Chateaubriand, tendo conhecimento do sistema e de todos seus benefícios, resolveu investir e instalar um sistema em seu comercio, pois o mesmo tinha um consumo que passava os R$4.000,00 por mês, devido ao alto consumo energético demandado por todo equipamento para a produção e armazenamento dos sorvetes.

Desta forma, a Soft Solar iniciou um estudo, fazendo uma análise do local onde seriam instalados os módulos fotovoltaicos. Para fazer um estudo com mais precisão, foram utilizados softwares de simulação próprios da área fotovoltaica, juntamente com de modelagens 3D da arquitetura. Assim sendo, pôde-se fazer uma simulação, com base nas coordenadas geográficas do local, toda a análise de sombreamento anual do telhado.

O local escolhido, a própria residência e comércio, tinha um pequeno problema a ser resolvido. Na propriedade havia pouco espaço físico para alocar os módulos fotovoltaicos.

Por esse motivo, foi dimensionado um sistema utilizando módulos fotovoltaicos de 400Wp que possuem uma potência e eficiência a cima de média.

A equipe da Soft Solar fez a instalação de 100 módulos fotovoltaicos, onde devido aos cálculos e dimensionamento do projeto prometiam gerar em média 4464kWh/mês.

O sistema instalado possui três excelentes inversores centrais que possuem ampla garantia e eficiência, proporcionando um projeto para muitos anos de vida útil.

O motivo de escolher e utilizar três inversores centrais, foi para poder otimizar o sistema e evitar percas de geração, devido a sombreamentos ocasionados pelo próprio telhado da residência. Desta forma, foi possível fazer a separação das strings (conjuntos de placas por entrada de potência do inversor) e alocando-as eficientemente no espaço útil.

A fixação dos módulos foi feita utilizando estruturas de alumínio e parafusos em inox, proporcionando uma grande vida útil do sistema. Os módulos fotovoltaicos foram alocados de forma a aproveitar melhor o espaço físico e com espaços para executar a manutenção do sistema, a recomendação devido a boa inclinação do telhado foi de lavagem a cada 8 meses visando ter sempre uma boa eficiência na geração de energia.

O gráfico a seguir, mostra o histórico de geração do sistema instalado x consumo de energia na sorveteria no último ano.

Por consequência de termos um problema, de falta de espaço físico para instalação dos módulos, o sistema foi dimensionado para uma maior geração por m2 possível, como citado anteriormente. Mas como visto no gráfico acima, geração x consumo, o sistema ainda não foi possível obter uma geração capaz de suprir 100% do consumo do cliente. O sistema instalado foi capaz de suprir aproximadamente 84% de todo o consumo do proprietário, tendo como consumo mensal uma média de 5641 kWh e uma geração média mensal de 4724 kWh (uma geração um pouco acima do que foi prometido no projeto).

De acordo com a plataforma de monitoramento do sistema fotovoltaico, o sistema ao longo de pouco mais de um ano (quatorze meses para ser mais exato), teve uma contribuição com o meio ambiente de equivalente a 171 árvores plantadas e 62,69 toneladas de gás carbônico que foram deixadas de ser emitidas na atmosfera, pelo fato dessa energia ter sido gerada de forma limpa e sustentável. Com base nestes dados espera-se que o investimento tenha um Payback (tempo de retorno do investimento) de aproximadamente três anos e meio.

©2020 por Soft Solar